jusbrasil.com.br
5 de Dezembro de 2020
    Adicione tópicos

    Em lançamento de candidatura, Bolsonaro chora e pede união entre os brasileiros

    Folha Política
    Publicado por Folha Política
    há 2 anos
    No lançamento de sua candidatura à Presidência, no Rio de Janeiro, o deputado Jair Bolsonaro chorou durante a execução do hino do Brasil. Aos presentes na convenção do partido, Bolsonaro disse: "Não temos fundo eleitoral, não temos tempo de televisão. Mas temos o que os outros não têm, que são vocês, o povo brasileiro". Bolsonaro centralizou o discurso do lançamento da candidatura em uma proposta de união entre os brasileiros: "O Brasil não aguenta mais 4 anos de PT ou PSDB. Vamos unir esse Brasil, brancos e negros, homos e héteros, nordestinos e sulistas, ricos e pobres, patrões e empregados". O candidato defendeu a privatização e extinção de estatais: "Queremos mais que privatizar, queremos extinguir a maioria das estatais. Vamos preservar as mais estratégicas". E voltou a criticar Alckmin pela aliança com o chamado "blocão": "Alckmin uniu a escória da política brasileira". Cotada para ser candidata à vice-presidência, Janaína Paschoal pediu mais diálogo por parte dos apoiadores: "Não se ganha eleição com pensamento único. Não se governa uma nação com pensamento único. Os seguidores, muitas vezes, do deputado Jair Bolsonaro têm uma ânsia de ouvir um discurso inteiramente uniformizado. Pessoas só são aceitas quando pensam exatamente as mesmas coisas. Reflitam se não estamos fazendo o PT ao contrário". Política na Rede

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)