jusbrasil.com.br
14 de Novembro de 2018
    Adicione tópicos

    Delegado expõe contradições de Adélio e apresenta tese: 'Tem advogados caros para não abrir o bico. Era para ter sido morto'

    Folha Política
    Publicado por Folha Política
    há 2 meses
    O deputado Delegado Francischini, que acompanha as investigações da tentativa de assassinato do candidato à Presidência Jair Bolsonaro, aponta contradições na "narrativa" de que Adélio Bispo de Oliveira teria agido sozinho. Para Francischini, "Adélio tem advogados caros para não abrir o bico. Era para ter sido morto".

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)